5 dicas poderosas para comprar um imovel sem se endividar

5 dicas para comprar um imóvel sem se endividar!

Fazer um planejamento detalhado é essencial para conseguir comprar um imóvel sem se endividar, mas você sabe como desenvolver esse planejamento? A gente sabe que essa pode parecer uma tarefa complexa, mas na verdade é bem simples: com paciência e disciplina você pode realizar este sonho com muito mais tranquilidade!

Se você não sabe por onde começar, pode ficar tranquilo: ao longo deste conteúdo nós vamos te contar tudo o que você precisa saber para organizar as finanças e fazer um bom planejamento antes de comprar o seu imóvel. 

Para conferir dicas exclusivas sobre como conquistar a sua nova casa sem se enrolar financeiramente é só seguir a leitura com a gente.

Como comprar um imóvel sem se endividar?

Dívidas pelo caminho, orçamento estourado e dificuldades financeiras podem tornar o sonho da casa própria muito mais complicado e estressante. Para evitar esses problemas e garantir um processo tranquilo, o planejamento é indispensável.

Manter um controle financeiro e entender as suas necessidades são parte da transação e pedem um tempinho de dedicação da sua parte. Para começar, sente-se e coloque no papel seus gastos mensais, definindo também metas para facilitar a aquisição do novo imóvel. 

Cada pessoa se organiza de uma maneira, por isso encontre o que funciona melhor para você. Pode ser um aplicativo para anotar os gastos no celular, uma planilha no computador ou até mesmo um caderninho mais compacto para levar com você a qualquer lugar, mas o importante é adquirir o hábito de registrar tudo – até mesmo aquela balinha que você comprou na padaria – para administrar o seu dinheiro de maneira mais inteligente.

Dicas para se planejar!

Para te ajudar a entender como comprar um imóvel sem se endividar, separamos algumas dicas importantes que vão tornar o processo bem mais simples. Antes de mais nada, é preciso ter em mente que você vai precisar de planejamento, organização e disciplina, ok?

Pode soar desafiador, mas com as nossas dicas você vai perceber que é muito mais fácil do que parece. Anote esses passos para se organizar financeiramente e conquistar o seu imóvel sem estresse:

1. Organize a vida financeira

O primeiro passo é também o mais importante: organização financeira! Já falamos aqui sobre a importância de controlar seus gastos e entender suas necessidades, certo? 

Então vamos reforçar este ponto e trazer alguns toques extras: além de anotar gastos, procure quitar dívidas ativas antes de investir em um imóvel e saiba exatamente quanto você pode gastar para não sair no prejuízo. 

Esses dois passos são essenciais, pois quem deseja fazer um financiamento imobiliário precisa estar com o CPF em dia e não pode comprometer mais do que 30% da renda mensal no pagamento das parcelas. 

Para resolver qualquer restrição no seu CPF, busque negociações no portal do Serasa ou entre em contato direto com a empresa em que a dívida está ativa. Já para entender melhor quanto você pode gastar no financiamento, vale a pena fazer simulações em diversas linhas de crédito para encontrar a opção mais vantajosa para o seu perfil.

2. Tenha um fundo reserva

Guardar dinheiro parece difícil, não é mesmo? Mas vamos te contar um segredo: atitudes básicas, como levar comida de casa para o trabalho ou trocar o delivery por uma comida preparada por você, fazem toda a diferença no saldo quando chega o final do mês. 

Com economias como essas, ter um fundo reserva fica bem mais fácil. Definir um objetivo e traçar metas bem claras também ajuda, mas ter disciplina durante o processo é essencial. 

Uma dica para manter o ânimo ao longo dessa trajetória é se permitir algumas “recompensas” ao atingir suas metas. Se você conseguiu acumular o valor desejado dentro do período estipulado, que tal comprar aquela comida que você adora ou comprar aquela roupa que você estava de olho? Essas recompensas são um ótimo estímulo, mas é preciso tomar cuidado para não cair em tentação e acabar exagerando, ok?

3. Se informe!

Antes de adquirir o seu imóvel, é importante se informar sobre o mercado imobiliário e também sobre investimentos. Aplicações financeiras são uma ótima forma de conseguir bons rendimentos e podem te ajudar a acumular mais dinheiro para a compra do seu novo lar, por exemplo. 

Muito além de acumular, as aplicações te ajudam a aumentar aquele dinheiro que você vai guardar no final do mês. As rendas fixas, como o Tesouro Direto e o CDB, possuem, muitas vezes, melhor rentabilidade e também são mais seguras, ideais para quem está começando. Busque dicas, esclareça dúvidas e estude bastante sobre o assunto para encontrar a melhor opção.

Outro ponto importante é entender o valor de mercado para um imóvel parecido com aquele que você procura na região desejada. Além disso, vale a pena reforçar a necessidade de analisar as suas opções de financiamento imobiliário antes de fechar negócio.

4. Encontre a melhor opção de pagamento para você

Parte da pesquisa sobre o mercado imobiliário inclui encontrar a melhor forma de pagamento para você. Seja por meio de consórcio, financiamento, programas habitacionais ou à vista, o importante é ser realista e não ultrapassar seu orçamento. 

Para te ajudar nessa decisão tão importante, trouxemos uma breve explicação sobre cada forma de pagamento para que você possa analisar mais claramente as vantagens oferecidas por elas, olha só:

  • Pagamento à vista: o pagamento à vista é uma ótima opção, pois pode render ótimos descontos no valor de compra do imóvel. Apesar dessa vantagem, nós sabemos que é difícil ter essa quantia em mãos, por isso esta nem sempre é a melhor opção, mas não se preocupe: as próximas possibilidades de transação não exigem que você tenha muito dinheiro guardado e oferecem excelentes condições de pagamento.
  • Financiamento imobiliário: os financiamentos imobiliários são uma espécie de empréstimo feito pelos bancos para que você possa comprar o seu imóvel com condições de pagamento facilitadas. Para isso, a instituição libera o valor necessário para você e você paga a quantia emprestada de volta por meio das parcelas.
    Aqui é importante destacar que existem diversas linhas de financiamento imobiliário disponíveis e a diferença entre elas está, principalmente, nas taxas e nos juros praticados, por isso é preciso pesquisar e fazer simulações para encontrar as melhores condições. Outros detalhes como prazo para pagamento, valor de entrada, parcelas e preço total do imóvel a ser financiado também podem variar. 
  • Consórcio imobiliário: é muito comum confundir o consórcio com o financiamento imobiliário, mas, apesar de funcionar mais ou menos da mesma maneira, os dois apresentam diferenças relevantes entre si. A primeira é a liberação do crédito: enquanto o financiamento libera o valor para compra do imóvel de maneira imediata assim que a sua documentação é aprovada, o consórcio só dá acesso ao crédito após a contemplação.

5. Aproveite as taxas de juros mais baixas

Você sabia que a taxa básica de juros do Brasil, a Selic, registrou o menor índice da história em 2020? Ela iniciou o ano com uma taxa de 4,25% ao ano, cenário já muito positivo para investimentos imobiliários, mas a redução seguiu ao longo dos meses e chegou a 1,90% ao ano em dezembro, trazendo ainda mais vantagens para quem deseja realizar a compra de imóveis.

Isso porque a taxa Selic é a grande responsável por regular todas as taxas de juros do país, portanto afeta diretamente os índices praticados nas linhas de financiamento imobiliário. Vale lembrar que a Selic pode sofrer alterações a qualquer momento, por isso é importante acompanhar suas variações. 

Além da redução da taxa básica de juros brasileira, diversos bancos apresentaram condições de pagamento mais atrativas para suas linhas de crédito com o objetivo de movimentar o mercado imobiliário e aquecer a economia do Brasil. Vale a pena pesquisar as opções disponíveis nas instituições financeiras para checar os benefícios apresentados por cada uma delas.

Gostou das dicas? Agora você já sabe que o planejamento e a organização financeira para comprar um imóvel não são nenhum bicho de sete cabeças, mas sim grandes aliados: na prática você vai perceber ainda mais o poder desses passos simples e vai entender como eles ajudam a conquistar o novo lar de maneira muito mais rápida, segura e livre de dores de cabeça pelo caminho. 

Depois compartilha com a gente aqui nos comentários como está sendo aplicá-las no dia a dia! Ah, e aproveita também para conferir outras dicas de organização financeira aqui no blog da Cataguá!


Rolar para cima