financiar ou alugar

Financiar ou alugar: descubra o melhor para você!

Se você está pensando em ter o seu próprio cantinho, com certeza já se fez essa pergunta: devo financiar ou alugar um imóvel? Qual é a melhor escolha? Essa é uma decisão muito importante, por isso deve ser feita com calma e muita atenção.

Neste momento, é preciso ponderar os pontos positivos e negativos de cada alternativa para entender qual delas faz mais sentido para você. Para fazer a escolha certa é preciso colocar tudo na balança sem se precipitar.

Mas pode ficar tranquilo: nós estamos aqui para te ajudar! Ao longo deste conteúdo, você vai conferir as vantagens de alugar imóveis e as vantagens de financiar imóveis, assim vai poder tomar uma decisão mais segura.

Pronto para começar? Então boa leitura!

Vantagens de financiar imóveis

Uma das maneiras mais fáceis e seguras para conquistar a casa própria com certeza é o financiamento de imóveis. Com diversas linhas disponíveis em instituições financeiras, você pode encontrar as melhores condições de pagamento para o seu perfil e comprar um imóvel com tranquilidade e segurança.

Confira as principais vantagens de financiar imóveis:

1. Mais tempo para pagar

Um dos principais motivos para o adiamento do sonho da casa própria é a falta de dinheiro guardado, por isso um dos pontos positivos do financiamento imobiliário é o prazo estendido para pagamento do crédito. Você não precisa ter uma fortuna guardada e ainda pode parcelar o valor em até 35 anos, dependendo da linha de crédito escolhida!

Isso tudo sem prejudicar a sua renda mensal e com outras condições facilitadoras, como inclusão do valor do ITBI (Imposto de Transmissão de Bens Imóveis), juros fixos e até mesmo reduzidos. A dica é pesquisar a melhor taxa de financiamento imobiliário e sempre fazer uma simulação antes de assinar o contrato.

2. Parcelas mais baixas

Uma consequência muito positiva do prazo estendido para pagamento do crédito é a diminuição do valor das parcelas: quanto maior o prazo, mais baixo será este valor. Além disso, vale lembrar que as prestações não podem ser maiores do que 30% da sua renda mensal bruta, garantindo maior controle financeiro sem aperto no final do mês.

Para manter um investimento tranquilo, é preciso se planejar financeiramente e saber quanto você pode gastar sem acabar se endividando depois. Por isso a simulação é tão importante: ela dá uma ideia de como ficarão detalhes do seu financiamento, como o valor das parcelas, taxas e prazo, por exemplo.

3. Possibilidade de utilizar o FGTS

Outra condição facilitadora permitida em algumas linhas de financiamento imobiliário – como o programa Minha Casa Minha Vida – é o uso do seu FGTS para compra de imóveis. O Fundo de Garantia por Tempo de Serviço é um valor adicional acrescentado mensalmente pelo empregador em uma conta na Caixa Econômica Federal.

A quantia fica guardada na conta e pode ser sacada em algumas situações específicas, como a aquisição de um imóvel. Você pode usar o valor como entrada para a compra, diminuição das parcelas, amortização ou até mesmo liquidação do saldo devedor. Bem legal, não é mesmo?

Se optar por essa alternativa, lembre-se de consultar as regras e de separar a documentação necessária com antecedência para evitar atrasos no processo.

4. Investimento próprio

Apesar de envolver um investimento mensal, o financiamento imobiliário possui uma grande vantagem sobre o aluguel: você estará investindo em algo seu e com possibilidade de retorno financeiro no futuro. Isso porque um imóvel alugado nunca pertencerá a você, ao contrário do imóvel financiado – que é finalmente a realização do sonho da casa própria.

Ao financiar um imóvel, você investe também no seu futuro e no futuro de sua família, já que está construindo um patrimônio financeiro. O mercado imobiliário apresenta alta liquidez e o seu imóvel pode ter uma valorização significativa ao longo dos anos, garantindo a chance de lucrar com a venda ou até mesmo aluguel do espaço.

5. Um dos investimentos mais seguros

O financiamento imobiliário é uma das formas mais seguras de comprar imóvel, pois o contrato inclui garantias e seguros importantes na transação. Esses seguros vão garantir a proteção do seu bem, com cobertura de danos físicos, por exemplo.

O financiamento de imóveis é também um dos investimentos mais seguros disponíveis no mercado, já que é uma garantia financeira que pode ser passada por muitas gerações e ainda tem grandes chances de valorização. Diferente das ações, por exemplo, o mercado imobiliário apresenta riscos bem mais baixos por ter boa liquidez.

Vantagens de alugar imóveis

O aluguel de imóveis é a opção mais escolhida por quem está em busca do primeiro imóvel,  tem um orçamento mais curto ou está de mudança apenas por um determinado período. Assim como o financiamento imobiliário, também temos pontos positivos nesta escolha e nós vamos listar alguns deles para você.

Confira as principais vantagens de alugar imóveis:

1. Sem preocupações com manutenção

Se você opta por alugar um imóvel, pode ficar despreocupado com os gastos em reformas e manutenções, já que eles devem ficar por conta do proprietário. Além disso, imóveis alugados devem estar em perfeitas condições para uso e por isso é mais difícil encontrar problemas estruturais neles.

Isso não significa que os problemas não podem aparecer, por isso é importante estar atento e conhecer os seus direitos como inquilino. Manutenções são uma obrigação do proprietário, mas isso também significa que a sua liberdade estará limitada: para reformar espaços ou fazer pequenas mudanças, será preciso pedir autorização.

2. Flexibilidade contratual

O compromisso do aluguel é fechado em contrato por um determinado período, o que significa que você pode se mudar tranquilamente ao final deste prazo ou até mesmo antes dele se necessário. A rescisão contratual pode indicar uma multa no caminho e por isso nem sempre é a melhor decisão, mas também te dá liberdade caso precise realizar a mudança com urgência ou tenha encontrado um imóvel melhor, por exemplo.

No momento da assinatura do contrato, lembre-se de ler com calma e muita atenção cada detalhe para não ser surpreendido caso precise fazer este cancelamento no futuro. Procure entrar em um consenso com o proprietário sempre que possível para que nenhum dos dois saia prejudicado.

3. Menor compromisso

Como falamos no item anterior, o seu compromisso com o aluguel existe apenas durante o período definido em contrato: uma vez finalizado este prazo, você está livre para sair do imóvel sem se preocupar com venda, transações e negociações imobiliárias.

Se você precisar fazer uma mudança de casa repentina para outra cidade, por conta do trabalho, por exemplo, não precisa se preocupar em vender o imóvel ou custos de transação imobiliária. Apesar disso, é importante destacar que as condições do imóvel devem estar adequadas para a entrega.

4. Possibilidade de guardar dinheiro

Uma grande vantagem proporcionada pelo aluguel é a possibilidade de guardar dinheiro para comprar um imóvel com mais tranquilidade no futuro. Se você organizar as finanças, é possível economizar um pouco mais e guardar parte do seu dinheiro em investimentos com bom rendimento.

Assim você poderá realizar o sonho da casa própria com mais segurança, sem prejudicar a sua renda e quem sabe até comprar um imóvel à vista! O importante é manter o controle financeiro, traçar metas e escolher um investimento seguro para colocar o seu dinheiro.

5. Mais opções de escolha

Esse é um dos principais motivos que levam pessoas mais jovens – normalmente a procura do primeiro imóvel – optarem pelo aluguel: diversidade maior de tipos de imóveis a disposição dentro do orçamento disponível. Com o aluguel, é possível encontrar um apartamento ou uma casa com boa localização e bom tamanho por um preço que cabe no seu bolso.

Financiar ou alugar: afinal, qual é o melhor?

Apresentamos neste post as vantagens para as duas opções, mas a decisão final apenas você pode tomar. A escolha do melhor tipo de investimento imobiliário é muito individual, pois cada um tem um perfil financeiro, gostos pessoais e necessidades específicas.

Se você é jovem e está em busca de um primeiro imóvel, talvez o aluguel seja a melhor opção. Já se você está começando uma família, a compra de um imóvel por meio de financiamento pode ser a escolha certa para garantir um futuro feliz e seguro ao lado de quem você ama.

Mas nada disso é uma regra: as situações podem se inverter e nada impede que o aluguel seja a melhor opção para uma família, enquanto o financiamento é uma boa escolha para um jovem que pretende morar sozinho. Tudo depende dos objetivos e necessidades de cada um, por isso pare para analisar os seus antes de qualquer coisa.

A nossa dica é considerar todos os pontos apresentados aqui e pensar muito antes de tomar uma decisão para encontrar a melhor escolha. Seja por meio de financiamento imobiliário ou do aluguel, ter um cantinho que te faça se sentir em casa é muito importante, por isso a decisão exige atenção.

Aproveite para conferir outros conteúdos exclusivos aqui no blog da Cataguá sobre a compra de imóveis e sobre o mercado imobiliário que podem te ajudar ainda mais na escolha do caminho ideal para viver bem.


Rolar para cima