Realize seu sonho Caixa reduz taxa de credito imobiliario

Realize seu sonho: Caixa reduz taxa de crédito imobiliário!

Se você está buscando a melhor taxa de financiamento imobiliário, este é o momento certo para adquirir a sua casa própria! Após a taxa Selic atingir os menores índices da história, a Caixa Econômica Federal também anunciou a redução nos juros do crédito imobiliário e hoje você pode investir no seu sonho com condições muito mais acessíveis!

Para entender melhor as mudanças e saber quais são as vantagens da redução, decidimos dedicar um post inteiramente para o assunto. Continue a leitura para saber tudo sobre as taxas de juros reduzidas para crédito imobiliário e descobrir o melhor caminho para conquistar o seu imóvel!

Como fica a taxa de financiamento imobiliário agora?

Para começar, vamos entender o que motivou essa queda na taxa de juros, que vem desde 2019, quando o Banco Central anunciou a primeira redução da taxa básica de juros do Brasil: em 2019, a Selic caiu de 5% para 4,5% ao ano.

Até então, este era o menor valor já registrado para a taxa, mas ele foi superado em 2020. Com o cenário instalado pela pandemia do coronavírus, a taxa Selic caiu de 4,5% para 2% ao ano, sendo atualizada em 2021 para 2,75%.

Mesmo com este pequeno aumento, a taxa ainda segue em um dos menores índices registrados em seu patamar histórico e esses cortes foram um dos grandes motivadores para a redução da taxa de financiamento imobiliário. Isso acontece porque a Selic serve como base para definição das taxas de juros no país, incluindo as praticadas nas linhas de crédito imobiliário. 

Ainda na primeira redução significativa da Selic, em 2019, a Caixa anunciou a sua redução nas taxas de crédito imobiliário, assim como outros bancos, Itaú e o Banco do Brasil, mas as quedas não pararam por aí.

Entenda as mudanças das taxas de financiamento imobiliário

A Caixa já havia apresentado novos sistemas de financiamento imobiliário, como a taxa de juros corrigida pela inflação e medida pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), e algumas reduções nas taxas de juros, como já falamos neste post. Mas afinal, o que muda para o consumidor na hora de assinar o contrato de financiamento?

Para analisarmos melhor o cenário, confira as mudanças nas taxas de crédito imobiliário apresentadas pela Caixa:

  • As mudanças são válidas para as linhas de crédito que têm a correção baseada na TR (Taxa Referencial) e juros pré-fixados;
  • A taxa de 6,75% ao ano + TR passou a ser de 6,5% ao ano + TR em 2019, uma redução já bastante significativa;
  • Mais recentemente, no final de 2020, o banco reduziu a taxa de 6,5% ao ano + TR para 6,25% ao ano + TR
  • O prazo para pagamento do crédito pode chegar a 420 meses.

Como escolher o melhor financiamento imobiliário da Caixa?

Vale ressaltar que a Caixa conta com outras linhas de crédito com excelentes taxas de juros. É importante analisar as condições oferecidas por cada um para identificar a linha que melhor se encaixa ao seu perfil, por isso decidimos compartilhar um pouco mais sobre as outras modalidades oferecidas pelo banco.

Conheça as principais linhas de financiamento imobiliário da Caixa:

1. Financiamento imobiliário corrigido pelo IPCA

A modalidade de financiamento corrigida pelo IPCA registra taxas mínimas de 2,95% ao ano desde outubro de 2020. Nesta modalidade, as taxas podem chegar a até 4,95% ao ano e você pode ter um prazo de até 360 meses para pagar o financiamento.

2. Financiamento imobiliário com juros fixos

A linha de financiamento com taxa de juros fixos é ideal para quem não quer surpresas no decorrer do pagamento das parcelas, pois os valores se mantêm os mesmos do início ao fim do financiamento. 

Com taxas que variam de 8% a 9,75% ao ano conforme o perfil do cliente, essa modalidade permite o financiamento de até 80% do valor total do imóvel. Além disso, o prazo para pagamento pode chegar a até 360 meses, variando de acordo com o sistema de amortização escolhido.

3. Financiamento imobiliário corrigido pela poupança

A mais recente linha de crédito imobiliário apresentada pela Caixa é a corrigida pela poupança. Nesta modalidade, paga-se uma taxa fixa (que varia entre 3,35% a 3,99% ao ano, de acordo com o perfil do cliente) + TR + taxa de rendimento da poupança.

O rendimento da poupança varia de acordo com a Selic, por isso é importante estar atento a alguns índices nesta linha: quando a Selic está igual ou inferior a 8,5%, o rendimento da poupança é de 70% da taxa básica de juros.

Considerando o cenário atual, com a taxa Selic a 2% teríamos uma taxa mínima de 4,75% (3,35% referente a taxa fixa da linha de crédito + 1,4% referente ao rendimento da poupança atualmente). Vale lembrar ainda que o financiamento tem uma taxa máxima de 10,16% ao ano, cenário que pode acontecer se a Selic ficar acima de 8,5% ao ano.

4. Programa Casa Verde e Amarela

Substituto do Minha Casa Minha Vida, o Casa Verde e Amarela é o programa habitacional do governo que auxilia famílias com renda mais baixa a conquistar a tão sonhada casa própria.

Com taxas ainda menores, o novo programa entrou em vigor oficialmente no início de 2021 e traz condições especiais para cotistas do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) e para famílias das regiões Norte e Nordeste do país. 

No Casa Verde e Amarela, as taxas variam de 4,25% a 8,16% ao ano, de acordo com algumas características do cliente, como renda mensal e região de moradia.  

Afinal, é um bom momento para comprar imóveis?

Se você ainda está em dúvida sobre o momento certo para comprar imóveis, saiba que não poderia ter hora melhor! Além da redução das taxas de juros para crédito imobiliário, o mercado também está aquecido e propício para negociar imóveis. 

Como meio de estimular o mercado e manter aquecidas as movimentações de crédito imobiliário na pandemia, os benefícios e condições diferenciadas promovidas pelos bancos estão cada vez mais atrativos. A dica é pesquisar muito antes de fechar negócios: fazer simulações é uma boa maneira de fazer isso. 

Para saber se esse é o melhor momento para você, considere esses fatores:

1. Vida Financeira

O primeiro ponto a ser analisado é a sua vida financeira: sem organização e planejamento, você pode acabar se enrolando na hora de pagar o financiamento e não é isso que nós queremos, certo? Portanto, antes de investir, saiba exatamente quanto você pode pagar pelo imóvel e tenha certeza de que as parcelas não vão prejudicar a sua renda. 

Antes mesmo de começar a pesquisar as linhas de financiamento imobiliário disponíveis, coloque a vida financeira em ordem. Procure resolver pendências financeiras, analise seus gastos e ganhos com calma, identifique onde pode economizar e defina um orçamento para a compra do imóvel.

2. Valor do Imóvel

Depois de fazer essa análise detalhada da sua vida financeira, fica fácil saber quanto você pode investir no seu imóvel. Com o orçamento definido, você pode filtrar as suas buscas e assim o caminho para o seu futuro lar fica muito mais simples!

Para iniciar a procura pelo imóvel perfeito, lembre-se de considerar as suas necessidades e desejos para o novo lar. Considere a localização, o tamanho do imóvel, quantos quartos deseja, área externa e infraestrutura (caso opte por apartamentos, considere também as comodidades oferecidas pelo condomínio).

3. Condições disponibilizadas pelos financiamentos

Agora é hora de analisar as condições de pagamento e benefícios oferecidos pelos financiamentos imobiliários. Como falamos, a simulação é uma das melhores formas de avaliar e comparar as linhas, pois assim você pode ter uma previsão de fatores como valor da parcela e taxa de juros.

Apesar dessa facilidade, lembre-se de que muitas vezes é possível conseguir condições ainda melhores na hora da negociação, por isso não deixe de entrar em contato com o banco. Uma dica importante: não analise apenas as taxas de juros, mas sim o CET (Custo Efetivo Total) para conferir todos os valores inclusos nas parcelas.

Agora que você já tem todas essas dicas exclusivas, aproveite o momento favorável e as excelentes condições de financiamento imobiliário para investir no seu sonho e finalmente conquistar a casa própria. 

Para encontrar o lar perfeito, conte com a Cataguá Construtora! Aqui você encontra imóveis incríveis com um ótimo custo-benefício e ainda pode utilizar o financiamento por meio do programa Casa Verde e Amarela para ter aquela ajudinha no processo e ainda garantir um imóvel novinho. 

Não deixe de conferir as dicas exclusivas do blog da Cataguá sobre financiamento imobiliário e aproveite para dar uma passadinha na página de imóveis da construtora! 

 


Rolar para cima