ok porque o mercado imobiliario esta aquecido para 2022jpg

Porque o mercado imobiliário está aquecido para 2022?

O mercado imobiliário está bem aquecido nos últimos dois anos, com a chegada da pandemia e a baixa dos juros e taxa Selic, o quadro está cada vez propício para aquisição de novos imóveis e até mesmo para investir em uma renda fixa como aluguel.

Para você conhecer as principais motivações do aquecimento e o que esperar do mercado imobiliário em 2022, preparamos um artigo completo com todas as informações que você precisa. Acompanhe:

Tendências do mercado imobiliário:

Conhecer as tendências do mercado imobiliário é muito importante para quem investe, saber o que mais está agradando o público, o que pode dar certo e como aplicar isso na sua empresa ou no seu investimento é fundamental.

Com a chegada da pandemia, muitas pessoas passaram um bom tempo em casa e assim ressignificaram o jeito de morar, buscando casas maiores, com mais espaço, condomínios com área de lazer e até com bastante contato com a natureza.

O crescimento do home office favoreceu essa tendência de mercado, com muitas pessoas morando na mesma casa e pouco espaço para reuniões e desenvolvimento de trabalhos, muitas famílias buscaram casas com mais cômodos para satisfazer essa necessidade.

Mesmo com a alta taxa de desemprego, o mercado imobiliário cresceu muito e as pessoas resolveram usar o valor para aplicar na casa própria, saindo do aluguel e melhorando a situação atual familiar.

O mercado imobiliário está realmente aquecido?

Sim, ele está bastante aquecido e isso gera novas boas oportunidades de negócio para quem está se preparando para aquisição de um novo imóvel, sair do aluguel ou até mesmo investir em uma renda fixa. Mas o segredo aqui é analisar todas as oportunidades e escolher aquela que mais atende às suas necessidades.

Em 2021 a busca por imóveis maiores e mais espaçosos movimentou o mercado imobiliário e com esse conceito podemos acreditar que a movimentação permanecerá para 2022. Além disso, boa parte da população adulta, pretende morar sozinho e isso impulsiona o crescimento do aluguel para pequenas moradias nos grandes centros.

Essa independência imobiliária também está como uma das tendências promissoras para 2022. Com o aquecimento da economia e a retomada do comércio, boa parte da população que tem uma vida corrida e individual busca uma residência modesta e próxima aos grandes centros.

Esses perfis de compradores buscam geralmente o financiamento que também está em alta, devido aos juros que estão sendo trabalhados no Brasil. Atualmente, a aquisição de pequenos imóveis não é a evidência principal, mas está entre as 5 mais procuradas por conta do valor do imóvel e as possibilidades de parcelamento e aprovação de crédito.

Esses fatores são muito relevantes para o mercado e também contribui para quem está vendendo ou alugando, pois, com uma visão ampla do mercado você pode saber o gosto do cliente, as preferências e em caso de dúvidas buscar um especialista.

Tecnologias para vender imóveis:

A tecnologia vem como uma aliada no mercado imobiliário, trazendo mais potência para o comércio e até cortando certos gastos que anteriormente eram necessários para realizar a venda e administração de imóveis.

Um dos fatores que podem ajudar nas vendas é a realidade virtual, neste formato o cliente pode conhecer o imóvel antes da aquisição e sem sair de casa, por isso esse modelo pode ajudar a cortar custos.

Isso diminui o ciclo do cliente para compra ou locação e proporciona mais tempo para o corretor de negociação e aquisição de novos clientes. Auxiliando ainda mais no giro do mercado imobiliário.

Neste caso é como um auto atendimento e o cliente faz tudo ao seu modo e em seu tempo, intensificando a personalização do atendimento e deixando ela cada vez mais dinâmica. Falando em dinamismo e rapidez no processo de vendas podemos também compartilhar as lives de vendas.

Conclusão:

O mercado imobiliário está bastante promissor para o ano 2022, investir neste perfil faz bastante sentido para este ano e pode ser uma boa ideia para quem busca sair do aluguel ou adquirir um novo imóvel.

Os valores trabalhados atualmente sejam de juros ou até mesmo de taxas de financiamento são vantajosos para a comercialização.

O aumento no valor do aluguel, também propiciou este quadro de aquisição de imóveis, muitas pessoas optaram por pagar um financiamento ao invés de pagar aluguel, fator que ajudou no aquecimento nas compras e vendas de imóveis.

Por fim, vale dizer que apesar de ser um ano atípico este pode continuar sendo um ano bastante lucrativo para quem busca investir em um imóvel, mesmo com alguns pontos que

E você, o que acha de investir ou sair do aluguel com este mercado promissor que temos? Conheça os nossos empreendimentos e entre em contato conosco para encontrar o imóvel ideal para você!


Rolar para cima