3 coisas que voce precisa saber para mobiliar o seu imovel

Tudo que você precisa saber para mobiliar apartamento

Agora que você realizou o sonho da casa própria, chegou a hora de iniciar outro processo muito importante: escolher a mobília e deixar o apartamento com a sua cara! A compra de móveis e eletrodomésticos pode ser uma tarefa bem divertida, mas sem alguns cuidados básicos pode se tornar uma grande dor de cabeça.

A escolha de itens inadequados para o seu imóvel pode trazer prejuízos financeiros e não vai te ajudar a criar um ambiente aconchegante, funcional e personalizado para chamar de lar. 

Pensando nisso, separamos algumas dicas essenciais especialmente para você que vai mobiliar um apartamento. Continue acompanhando o post para conferir tudo o que você precisa saber para fazer as escolhas certas e deixar o imóvel com a sua cara!

Como mobiliar o seu imóvel?

É uma pergunta que se passa na cabeça de todo mundo logo que as chaves da casa própria chegam em suas mãos. É preciso bastante empenho e criatividade para esse momento único, mas a satisfação final vale todo o esforço e será um grande presente ver o apartamento se transformando em um lar com detalhes que representam quem você é e que te fazem se sentir em casa.

Mobiliar o seu imóvel é um processo importante e deve envolver todas as pessoas da casa, assim cada um pode expressar sua opinião para criar um ambiente harmonioso, bonito e totalmente personalizado. Sabemos que alinhar opiniões diferentes pode ser difícil, mas tenha paciência e procure chegar a um consenso sempre que surgir alguma divergência no processo.

A verdade é que mobiliar e decorar o seu apartamento vai ser uma tarefa muito divertida, na qual você pode soltar a criatividade e personalizar cada detalhe do jeitinho que preferir. Com as dicas deste post, o processo vai ficar ainda mais leve e você vai saber exatamente quais passos seguir para montar um apartamento completinho!

Itens que não podem faltar no seu apartamento

1. Eletrodomésticos

Existem alguns eletrodomésticos sem os quais você consegue sobreviver por algum tempo, mas existem outros que são essenciais para fazer uma casa funcionar. Estes precisam estar no topo da sua lista de coisas para comprar no momento de mobiliar o apartamento.
Chuveiro, geladeira, fogão e lâmpadas são os principais. Normalmente os apartamentos contam com gás encanado, mas se este não for o seu caso, atente-se para comprar um chuveiro elétrico e adicione o botijão de gás na lista de prioridades.
Depois desses itens essenciais, temos alguns equipamentos secundários e é você quem deve definir qual a prioridade para adquirir cada um deles de acordo com as suas necessidades. Máquina de lavar, televisão, microondas, cafeteira, liquidificador, ferro de passar, ventilador e aspirador de pó são eletrodomésticos muito úteis, mas a ordem de compra fica a seu critério, já que é possível ficar sem eles por um tempinho.

2. Móveis

Entre tantos móveis necessários para compor uma casa completa, existe um que deve ser prioridade na mudança: a cama! Dormir no chão não é uma ideia muito atrativa, por isso coloque a cama – ou pelo menos um colchão – no topo da lista de móveis para o apartamento novo.
Além da cama, vale a pena investir logo de cara em um conjunto de mesa e cadeiras para fazer as refeições. Sofá, guarda-roupas e armários para cozinha também são itens importantes, mas que podem ser adquiridos aos poucos.
Depois você pode buscar móveis que não são essenciais, mas que também podem ser muito úteis e ainda vão ajudar a compor a decoração como mesa de cabeceira, painel para a televisão e móveis para o home office, por exemplo.

3. Utensílios

Quando falamos de utensílios queremos dizer todos aqueles objetos indispensáveis no dia a dia, como talheres e panelas, por exemplo. Pratos, copos e itens para limpeza como vassoura, esponja e rodo, por exemplo, também podem estar na lista de prioridades.
Além deles, roupas de cama, toalhas e travesseiros também são importantes. Depois deles, é a hora de investir em utensílios secundários como tapetes, panos de prato e filtro de água. Alinhe a ordem de compras de acordo com as suas necessidades, adquirindo primeiro o objeto que você mais utiliza na rotina.
Se você tem filhos ou pets, por exemplo, os itens de segurança devem fazer parte dessa lista para o apartamento novo, principalmente se o imóvel ficar em um andar mais alto. Nestes casos, o primeiro cuidado é proteger janelas e varandas com a tela de proteção para evitar quedas e acidentes.

Dicas essenciais para mobiliar apartamento

1. Planejamento é o primeiro passo

Antes mesmo de pensar em quais móveis você deseja comprar, é preciso se planejar para garantir maior controle nos gastos e também um foco maior no processo. O primeiro passo aqui é checar as finanças para entender quanto você pode investir para mobiliar sua casa.
Identifique onde você pode economizar e se planeje bem para não gastar mais do que pode e acabar se endividando. Fazer uma planilha pode ser interessante: liste o que você deseja comprar e o quanto pode gastar, atualizando os itens conforme for comprando. Assim você consegue ter um controle bem maior sobre os gastos durante o processo.
Se você adquiriu um apartamento na planta, esse processo de planejamento pode te ajudar a se programar para comprar um pouquinho de cada vez. Assim você consegue comprar tudo o que precisa com calma e sem sentir o peso no bolso.

2. Defina suas prioridades

Agora é hora de definir as suas prioridades. Compartilhamos algumas sugestões aqui com você, mas a escolha é muito pessoal e só você pode decidir qual item é essencial para o dia a dia na casa nova e qual pode ficar para depois.
Antes de sair comprando tudo o que precisa, é necessário realizar uma lista de prioridades, assim você consegue se organizar melhor e também controla gastos desnecessários.
Pense naquilo que você realmente precisa e que fará a diferença na sua casa, sempre priorizando os itens essenciais como cama, televisão, geladeira e fogão, por exemplo. Mantenha os pés no chão e seja realista sobre as suas necessidades.

3. Pesquise valores e faça uma lista

Uma vez decidida a sua lista de prioridades, é hora de ir atrás dos melhores preços. A internet é uma grande aliada nesse momento: você pode consultar diversos sites online e comparar os preços, utilizando inclusive alguns portais como o Buscapé, Zoom e o Compare Preços, que fazem o serviço por você.
Anote as ofertas mais atrativas e filtre a melhor opção para você. Lembre-se de incluir os valores de frete e montagem dos móveis no seu orçamento, caso decida comprar pela internet mesmo: muitas vezes uma loja oferece um preço mais alto, mas tem frete grátis ou algum desconto especial, e assim pode até sair mais barato que as concorrentes quando colocamos todos os custos na ponta do lápis.

4. Analise a qualidade dos produtos

Você já deve ter ouvido por aí a frase “o barato sai caro”, não é mesmo? Isso é muito real e por isso não é só para o preço que você deve olhar no momento de comprar os móveis e eletrodomésticos para a sua casa. Esses itens normalmente duram muitos anos, mas se você investir em um produto de baixa qualidade o cenário pode ser diferente e você sai no prejuízo depois.
Além do valor, observe com atenção as características do produto, a reputação da loja e a qualidade da marca de cada item. Para eletrodomésticos, analise o consumo de energia também.

5. Planeje o seu espaço

Outra dica valiosa é estudar todos os cômodos da sua casa para não errar no tamanho dos móveis. Uma excelente opção são os móveis planejados, projetados exatamente para otimizar o espaço e trazer mais personalização.
Uma boa ideia para quem quer economizar é optar por móveis usados ou pontas de estoque, que são bem mais baratos e podem ser encontrados em redes sociais ou até mesmo em sites como Mercado Livre e OLX. Colocar a mão na massa e produzir seus móveis também é uma ótima opção.

6. Pintura e iluminação

A pintura e a iluminação fazem uma diferença incrível na decoração da sua casa. O ambiente se torna ainda mais harmonioso, já que essa combinação pode ser o fator determinante para criar um espaço especial.
Você pode investir em luminárias, abajures e lustres. Espalhe-os pela casa para fazer a composição perfeita de iluminação, mantendo o equilíbrio na distribuição.
Junto dessa iluminação incrível, as tintas nas cores pastéis podem ser a combinação perfeita. Para deixar o ambiente mais claro, as cores neutras e mais cleans são ideais.

7. Aposte no DIY para economizar

O DIY (Do It Yourself ou Faça Você Mesmo, em português) é um grande aliado para quem deseja economizar na hora de mobiliar apartamento. É possível encontrar facilmente na internet tutoriais com dicas bem claras sobre como fazer itens decorativos e até mesmo móveis utilizando materiais baratinhos e que você pode até ter em casa.
Outra dica é renovar móveis antigos ou dar uma chance para mobiliários e eletrodomésticos usados: você pode se surpreender com objetos incríveis e muito bem conservados. Além de economizar, você ainda pode garantir itens únicos para o seu lar.

Gostou dessas dicas? Agora é hora de colocar todas elas em prática para deixar a sua casa do jeitinho que você sempre sonhou!

 


Rolar para cima