venda de imóveis

Aumento na venda de imóveis favorece investimento na casa própria!

Com aumento nas vendas e condições facilitadas nos financiamentos, o mercado imobiliário está em alta e o cenário não poderia ser mais atrativo para quem deseja realizar o sonho da casa própria! O setor começou 2021 com força total e a previsão segue positiva para o ano todo.
Se você também quer comprar um imóvel e garantir essa conquista, continue a leitura deste post para conferir as vantagens disponíveis atualmente e entender como elas contribuem para o crescimento das vendas. Ah, também separamos algumas dicas especiais para facilitar o processo, então fique com a gente e boa leitura!

Mercado aquecido: vendas de imóveis crescem 49%

Apesar das incertezas instauradas pela pandemia de COVID-19, o mercado imobiliário vive um ótimo momento e o cenário é cada vez mais positivo. Com medidas criadas para manter o mercado aquecido, como condições de financiamento mais atrativas, investir em imóveis em 2020 já se mostrou uma ótima escolha e o índice de vendas comprovou o momento favorável para o setor imobiliário no ano passado.
O ano mudou, mas o cenário seguiu positivo para o mercado imobiliário: segundo dados apresentados pelas incorporadoras sobre suas prévias operacionais, as vendas já cresceram mais de 49% no primeiro trimestre de 2021, comparado ao mesmo período do ano anterior, subindo para R$6,02 bilhões.
Para se ter uma ideia, o VGV (Valor Geral de Vendas) cresceu 96,5%, chegando a R$5,08 bilhões. No mercado imobiliário, o VGV é um cálculo feito a partir da soma do valor estimado de todas as unidades de um empreendimento e ajuda a descobrir o potencial do investimento.
Mesmo com a economia brasileira afetada pela pandemia, o pequeno aumento da taxa Selic – que passou de 2% para 2,75% – e o adiamento de alguns lançamentos por parte das construtoras, o mercado imobiliário vive um ótimo momento e a tendência é que o ano de 2021 siga por esse caminho favorável para quem deseja realizar o sonho da casa própria.

É um bom momento para investir na casa própria?

Já vimos que o mercado imobiliário está aquecido e vive um ótimo momento, mas será que este é mesmo um bom momento para investir na casa própria? A resposta é sim! Desde 2020, o cenário é positivo não apenas para quem vende, mas também para quem deseja comprar imóveis.
As condições criadas ao longo da pandemia com o objetivo de manter o mercado aquecido possibilitaram a muitos brasileiros a aquisição de um imóvel, como consequência pudemos observar o crescimento das vendas. O aumento nas vendas, por sua vez, aumenta a demanda e estimula o lançamento de novos empreendimentos, por isso o momento segue altamente favorável para investimentos imobiliários.
Confira alguns fatores que influenciam no mercado e tornam a compra muito mais atrativa:

  • Taxa Selic

    A taxa básica de juros do país, a Selic, segue registrando índices históricos. A taxa fechou o ano de 2020 em 2% e apresentou um leve aumento em 2021, passando para 2,75%, percentual que se mantém até a data de publicação deste post.
    Vale lembrar que a Selic serve como base para definição de outras taxas de juros, como as praticadas nos financiamentos imobiliários. Neste contexto, a redução da Selic possibilita uma redução também nas taxas oferecidas pelos bancos nas linhas de financiamento imobiliário, tornando as condições muito mais oportunas para quem deseja comprar um imóvel por meio do crédito imobiliário.

  • Novas linhas de financiamento imobiliário

    Antes mesmo da pandemia, o mercado imobiliário em alta incentivou os bancos a movimentarem o setor de financiamentos imobiliários e por isso diversas linhas foram apresentadas antes do início das medidas de isolamento social no Brasil.
    Logo no início de 2020, a Caixa Econômica Federal, um dos principais bancos a oferecer financiamento imobiliário no país, anunciou uma linha com juros fixos, por exemplo. Ainda no ano passado, a instituição também apresentou a opção de incluir o ITBI (Imposto de Transmissão de Bens Imóveis) e os custos cartorários no financiamento e mais recentemente anunciou sua linha de crédito atrelada à poupança.
    Além disso, vale lembrar que o novo programa habitacional do governo, o Casa Verde e Amarela, também é disponibilizado pela Caixa e traz condições muito atrativas para atender famílias com renda mensal de até R$7 mil. A taxa de juros reduzida é um dos principais destaques aqui: é possível contar com taxas mínimas de 4,5% para as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste e de 4,25% para as regiões Norte e Nordeste.

Outro ponto que sempre favorece a compra de imóveis é a segurança oferecida pelo mercado imobiliário. A tendência do imóvel é valorizar ao longo dos anos, o que representa um alto potencial para obter lucros no futuro, ao contrário do que acontece quando você compra um carro, por exemplo.

Como escolher a construtora ideal?

Ao longo deste conteúdo, você pode perceber as vantagens de investir em imóveis em 2021 e entender os fatores que influenciam para tornar este momento tão favorável para quem deseja comprar um imóvel, certo?
A compra de imóveis é um processo que exige muita pesquisa e atenção para garantir um negócio realmente vantajoso para você, por isso não poderíamos deixar de compartilhar dicas importantes para quem deseja comprar a casa própria para complementar este post especial.
Como explicamos aqui, as incorporadoras demonstraram crescimento nas vendas, o que mantém o mercado aquecido e facilita a compra de imóveis diretamente com as construtoras, que tendem a lançar mais empreendimentos e oferecer boas condições de pagamento.
Pensando nisso, listamos 5 dicas valiosas (e bem simples) para você colocar em prática na hora de escolher a construtora com quem vai fechar negócio:

1 – Pesquise muito!

O maior erro na hora de comprar imóveis é agir por impulso e não pesquisar as suas opções, o mesmo vale para a escolha da construtora. É importante conhecer a empresa para não sair no prejuízo ou acabar insatisfeito com o resultado das obras.
Aqui vale a pena pesquisar informações sobre a construtora na internet, checar depoimentos de outros clientes no site ou nas redes sociais, por exemplo.
Outro ponto interessante é verificar prêmios e certificações recebidos pela empresa, pois eles podem ajudar a comprovar a excelência na atuação e o comprometimento da construtora com seus empreendimentos e serviços oferecidos.

2 – Confira o histórico de construções da empresa

A sua pesquisa também deve incluir um ponto muito importante: o histórico de trabalhos realizados pela construtora. A partir desses dados, você consegue analisar se a empresa cumpriu os prazos determinados, se as obras tiveram bons índices de aprovação nas vistorias e se atenderam às expectativas dos clientes.
Lembre-se de checar se a empresa atrasou a entrega de algum empreendimento ou se existiu algum problema ao longo da obra. Se você identificou alguma dessas questões, procure saber o motivo dos problemas e como eles foram resolvidos.

3 – Saiba quais são suas necessidades

É importante definir as suas necessidades e expectativas para o novo lar, pois assim você não fica perdido em meio às tantas opções disponíveis no mercado. Comece pelo básico: você quer apartamento ou casa?
Depois, pense nos detalhes do imóvel: qual tamanho ele deve ter? Quantos quartos você deseja? Qual localização é melhor para você? Você deseja ter um espaço externo? Quais comodidades você espera desse imóvel?
Além dessas perguntas, lembre-se também de analisar o prazo determinado para entrega do empreendimento. Comprar um imóvel na planta oferece muitas vantagens, mas é preciso estar atento para não se surpreender com o prazo depois e verificar se ele está dentro das suas expectativas.

4 – Tire dúvidas com os atendentes

É normal ter dúvidas ao longo do processo de compra de um imóvel, por isso é importante verificar também o atendimento e o suporte oferecidos pela construtora durante a transação. Contar com profissionais especializados e preparados para te ajudar vai tornar a compra muito mais tranquila e segura.
Assim que surgir um questionamento, não deixe de esclarecê-lo com a equipe responsável. Essa dica é válida principalmente para o processo de pesquisa para encontrar a construtora ideal.

5 – Conheça o empreendimento

Outro ponto importante é conhecer bem o empreendimento desejado. Verifique a planta, as imagens e a maquete para ter uma ideia mais clara de como será o imóvel depois de pronto.
Além disso, analise bem todo o material de apoio disponibilizado pela construtora, verificando todos os detalhes técnicos. Se possível, visite o decorado do empreendimento para ter uma visão mais real de espaço, layout e detalhes do imóvel.

Antes de pesquisar a construtora, tire um tempinho para fazer um planejamento financeiro, definir o seu orçamento e elencar as características que deseja encontrar no seu novo lar. Assim você vai conseguir filtrar melhor as suas opções e a busca pela casa própria será muito mais fácil e rápida.
Para facilitar ainda mais o processo, não deixe de conferir as dicas compartilhadas em outros posts exclusivos do blog da Cataguá sobre a compra de imóveis, financiamento imobiliário e até mesmo inspirações para decorar o seu novo lar depois da mudança!


Rolar para cima