renda extra

Conquiste a casa própria com essas 10 opções de renda extra

Conquistar a casa própria exige um investimento financeiro e pede organização para que a aquisição não pese no bolso. Pensando nisso, a renda extra, que tem ganhado cada vez mais espaço, é uma ótima solução para tornar o caminho até o seu futuro lar muito mais tranquilo.
Quer saber o que você pode fazer para complementar a renda? Então vem conferir as 10 ideias que nós listamos para você neste post!

10 ideias de renda extra para conquistar a casa própria

1. Cuide de pets!

Os pets já são parte da família, por isso seus donos não medem esforços para garantir bem-estar dos amiguinhos de quatro patas. Se você também gosta de animais, cuidar deles pode ser uma ótima forma de conseguir uma renda extra.
Aqui existem duas opções: você pode levá-los para passear ou cuidar deles por um período maior, enquanto os donos viajam, por exemplo. Os valores podem variar de acordo com o tempo de cuidados com o pet e você pode até mesmo aproveitar algumas plataformas que fazem a intermediação entre donos e cuidadores, como o DogHero. As redes sociais também podem ser grandes aliadas na divulgação dos seus serviços.

2. Ofereça consultorias dentro da sua área de formação.

Um ramo que cresceu muito nos últimos tempos foi o de consultoria e ele pode ser o que você precisava para conseguir aquela grana extra. A tarefa do consultor é analisar os pontos específicos da empresa do cliente com o objetivo de buscar o que pode ser aprimorado e assim, sugerir soluções eficientes.
Se você tem formação em marketing, por exemplo, pode oferecer uma consultoria completa sobre as ações de divulgação do cliente, analisando métricas e montando uma série de estratégias para aumentar as vendas e conquistar o público-alvo da empresa. O sistema de consultoria pode ser aplicado para outras áreas como administração, contabilidade e até mesmo empreendedorismo.

3. Dê aulas particulares.

Você domina algum assunto específico e tem facilidade para falar sobre ele? É fluente em um idioma? É craque em algum instrumento musical? Então dar aulas particulares é uma ótima fonte de renda extra para você.
Hoje, é possível ensinar mesmo a distância, por meio das plataformas de chamada de vídeo como o Google Hangouts e o Skype, por exemplo. O mais legal é que este é um campo bem amplo e vale para os mais variados assuntos, desde matemática até aulas de pintura.
É possível se cadastrar em diversas plataformas criadas para fazer essa mediação entre aluno e professor, o que pode te ajudar a conseguir resultados mais rápidos.

4. Venda comidas!

Se você gosta de cozinhar e sempre recebe elogios pela sua comida, talvez seja o momento de transformar o hobby em renda extra. Vender doces e salgados é uma das formas mais conhecidas de garantir um dinheiro a mais na conta, mas vale a pena reforçar que será preciso investir em ingredientes e embalagens para começar.
A dica é fazer um bom planejamento para entender os custos envolvidos no processo e também buscar maneiras de inovar para se destacar no mercado. O ramo de comidas fitness, veganas e vegetarianas, por exemplo, tem ganhado cada vez mais espaço e pode ser um diferencial no seu negócio: que tal criar pratos sem glúten ou sem lactose? Pense nas suas habilidades e faça uma pesquisa de mercado para analisar o que as pessoas têm buscado.

5. Traduza textos.

Traduzir artigos, textos de blogs, livros e até mesmo pesquisas ou trabalhos científicos é uma ótima opção para quem tem domínio sobre algum idioma e entende de gramática. É cada vez mais comum que as empresas busquem freelancers para realizar essa tarefa, por isso vale a pena considerar a área.
O trabalho de tradução também se aplica para a produção de legendas de vídeos e até mesmo tradução simultânea, mas a melhor parte é que tudo pode ser feito online, diretamente do conforto da sua casa. Plataformas como a Workana e a 99Freelas podem ser bons caminhos para encontrar este tipo de demanda.

6. Costure.

Se você sabe costurar, pode usar essa habilidade como fonte de renda extra. Aqui vale fazer pequenos reparos, como pregar botões, fazer a barra de calças e vestidos ou até mesmo ajustar a cintura de bermuda, mas se você tiver mais experiência pode pegar algumas encomendas e produzir peças do zero.
Caso não tenha muito tempo disponível, a última opção pode não ser a melhor, por isso vale a pena analisar as suas possibilidades, considerar a sua rotina e os custos envolvidos na produção para assim buscar a maneira mais eficiente de realizar essa atividade extra sem prejudicar a sua fonte principal de renda.

7. Ofereça diversos serviços!

Existe um amplo leque de serviços que você pode oferecer para complementar a sua renda e deixar o sonho da casa própria muito mais próximo da realidade. Além das atividades já citadas nesta lista, você pode realizar serviços na área de estética no seu tempo livre, mas vale ressaltar que antes de atuar na área, é ideal realizar cursos capacitores.

Aos finais de semana ou após o expediente, você pode oferecer atendimento a domicílio como manicure, pedicure, massagista, design de sobrancelhas, maquiagem ou até mesmo penteados e cortes de cabelo.
As terapias alternativas, como reiki, acupuntura e cromoterapia também estão se destacando no mercado, portanto se você tem especialização ou interesse em se especializar em algum desses ramos vale a pena se organizar e oferecer seus serviços para garantir uma fonte de renda extra.

8. Faça artesanatos.

Os seus hobbies também podem se transformar em renda extra. Pintar quadros, fazer bijuterias, crochê, bordado, macramê, velas e sabonetes artesanais são alguns exemplos de artesanatos que têm ajudado muitas pessoas a complementar a renda nos últimos tempos.
É uma ótima maneira de aproveitar um passatempo e colocar as suas habilidades em prática, garantindo um bom retorno financeiro, mas vale ressaltar que será preciso investir para conseguir os suplementos necessários na confecção. A dica é colocar tudo na ponta do lápis e se organizar para evitar problemas.

9. Revenda produtos.

Essa é outra forma bastante conhecida de complementar a renda e também bem variada. É possível revender vários produtos, como roupas, perfumes, lingerie e semijoias, por exemplo. Será preciso investir, mas o negócio pode valer a pena e render bons lucros.
Pesquise o que as pessoas mais têm comprado e lembre-se de buscar um fornecedor de confiança com produtos de qualidade para fechar a revenda. Aproveite o alcance das redes sociais para divulgar os produtos e conseguir novos clientes.

10. Venda roupas e objetos usados.

Sabe aquelas roupas que você não usa mais e estão apenas ocupando espaço no seu guarda-roupa? Elas podem ser uma excelente fonte de renda para o seu bolso. Junte calçados e peças que estão paradas por aí (em bom estado de conservação) e faça um brechó: uma boa dica é fazer tudo online para otimizar todo o processo e conseguir alcançar mais pessoas.
Crie um perfil no instagram e poste por lá as peças que deseja vender, mas lembre-se de caprichar nas fotos, ok? Vale fazer vídeos mostrando mais detalhes das roupas e assim ir divulgando o seu pequeno brechó, que também pode ter alguns objetos usados, como móveis, eletrônicos e até mesmo livros.
Essa é uma forma de renda extra mais pontual, mas ainda pode ser uma ótima opção para quem deseja conquistar a casa própria. Qualquer dinheiro é bem-vindo e vai contribuir muito para a realização deste sonho.

Buscamos incluir atividades variadas nessa lista, mas considere suas habilidades pessoais e até mesmo seus hobbies para decidir qual renda extra pode te ajudar a conquistar a casa própria.

Como organizar as finanças para comprar a casa própria?

Conseguir uma renda extra é um grande passo rumo à casa própria, mas é preciso manter a organização financeira para realizar a compra com tranquilidade. Por isso, separamos algumas dicas para te ajudar no planejamento financeiro, anota aí:

  • Coloque as contas em dia.

    Tem dívidas em aberto? Então o primeiro passo é buscar a melhor forma de quitá-las. Consulte o site do Serasa para encontrar possíveis ofertas ou entre em contato direto com a empresa para conversar sobre as suas possibilidades.

  • Invista o dinheiro arrecadado com a fonte de renda extra.

    Gastar todo o dinheiro recebido com a sua fonte de renda extra pode ser tentador, mas lembre-se que você tem um objetivo: comprar a tão sonhada casa própria. Para evitar este problema e ainda conseguir multiplicar o seu dinheiro, o ideal é investir seus lucros.
    Existem várias formas de investimento, a dica é procurar aquela que melhor se adequa às suas necessidades. Para isso, analise o rendimento da aplicação e também o prazo para que este rendimento aconteça.

  • Analise seus hábitos de consumo.

    Coloque todos os seus gastos na ponta do lápis e verifique se você não pode reorganizar as prioridades para assim reduzir custos. Pequenas mudanças de hábito podem fazer toda a diferença e te ajudar a economizar muito mais ao longo do mês.

São três passos básicos, mas que vão te ajudar a manter as finanças em dia. Com esses hábitos somados a renda extra, a casa própria vai ficar muito mais próxima!
Ah, aqui no blog da Cataguá você também encontra outras dicas para te ajudar nessa caminhada. Não deixe de conferir!


Rolar para cima