vantagens minha casa minha vida 10 motivos para escolher o programa

7 vantagens que o programa Minha Casa Minha Vida oferece

Se você deseja ter a casa própria, seja por querer mais estabilidade, para sair do aluguel ou mesmo para ter mais independência financeira, o programa Minha Casa Minha Vida que atualmente se chama Casa Verde e Amarela – clique aqui para conhecer o programa completo – e pode ser o que faltava para finalmente concretizar os seus planos.
Criado em 2009 pelo Governo Federal, o programa MCMV ajuda os brasileiros a conquistarem o sonho de ter uma casa própria. As vantagens são infinitas e auxiliam muitas pessoas a transformar sonho em realidade anualmente.
Quer saber mais sobre o programa? Então acompanhe abaixo 7 vantagens de financiar um imóvel com o Minha Casa, Minha Vida! Vem com a gente!

Como o programa Minha Casa Minha Vida me ajuda a conquistar a casa própria?

As instituições financeiras disponibilizam diversas linhas de financiamento imobiliário para facilitar a compra da casa própria, mas sem dúvidas o Minha Casa Minha Vida ainda oferece as melhores condições de pagamento, além de auxílios exclusivos.
Com o programa é possível comprar um imóvel novo com tudo o que você precisa para viver com muito mais qualidade de vida, conforto e tranquilidade sem a necessidade de ter uma fortuna guardada para investir ou até mesmo de desembolsar grande parte da sua renda mensal para pagar as parcelas.
Já deu para perceber como o programa pode te ajudar, mas listamos as principais vantagens por aqui para mostrar melhor todos os benefícios que você pode adquirir com o programa. Pronto para conferir? Então vamos lá:

1. Não é necessário ter uma renda alta

O programa Minha Casa, Minha Vida tem como objetivo facilitar o acesso a moradia para as famílias, por isso a renda necessária para solicitar o benefício é bem menor do que a solicitada em outras linhas de financiamento imobiliário disponíveis no mercado.
A renda é o fator que determina em qual Faixa do programa você está inserido: são quatro faixas e cada uma delas apresenta benefícios e condições específicas ao comprador. Para se ter ideia, a Faixa 1 atende famílias com renda mensal de até R$1.800 – vale ressaltar que a renda máxima permitida é de R$9 mil.

2. Possui as menores taxas do mercado

Outra grande vantagem do programa é a taxa de juros cobrada, considerada uma das menores do mercado. As taxas são definidas de acordo com as faixas, variando entre 5% a 9,16% ao ano.
Para ajudar ainda mais, a taxa de juros é nula para as famílias que se enquadram na Faixa 1 do programa – com renda mensal bruta de até R$ 1.800. Bem legal, não é mesmo?

3. Maiores prazos para pagar

Para que um financiamento de imóvel aconteça, um contrato com todas as condições – como valor, taxas, juros e o prazo para pagar – tem que ser preestabelecido.
Como o objetivo do Minha Casa, Minha Vida é justamente facilitar a aquisição de um imóvel, esse prazo de pagamento é maior que os oferecidos pelo mercado, chegando a até 35 anos (420 meses) para quitar a dívida. É tempo suficiente para que você possa se planejar melhor e fazer o pagamento sem sentir o peso no bolso.

4. Entrada facilitada

Para comprar um imóvel, você precisa dar uma entrada – uma parcela inicial exigida para garantir o seu interesse. As instituições financeiras geralmente pedem uma entrada de ao menos 30% do preço total do imóvel que você deseja comprar.
No caso do MCMV, o valor de entrada exigido é bem menor, chegando a 10% do valor total do imóvel, o que facilita o pagamento e também ajuda você a poupar dinheiro para as próximas parcelas. Muito mais vantajoso, certo?

5. Você pode ganhar subsídios

Você encontrou o imóvel dos sonhos, mas o valor está acima do que você pode pagar? Não tem problema: o Minha Casa, Minha Vida te ajuda com isso também!
Além de todas as vantagens que já citamos até aqui, o programa MCMV ainda oferece um auxílio – chamado de subsídio – para que você consiga pagar o seu imóvel novo com tranquilidade. Esse subsídio pode chegar a até R$ 47,5 mil, dependendo da sua renda familiar: na Faixa 1 o subsídio pode ser de até 90% do valor do imóvel.
Se você quer saber quanto de subsídio pode conseguir com o financiamento, nem vai precisar ir até uma agência: basta fazer a simulação diretamente no site da Caixa Econômica Federal sem sair de casa.

6. As parcelas ficam mais baratas com o tempo

Existem sistemas utilizados para definir o valor da parcela com soma de juros e taxas. No programa MCMV é adotado o sistema chamado SAC, que significa Sistema de Amortização Constante.
Com o SAC, as parcelas do financiamento do seu imóvel são decrescentes, ou seja, ficam cada vez mais baratas com o passar dos anos. Assim, o pagamento é ainda mais facilitado, evitando que você fique endividado e ainda garantindo uma folguinha para o seu bolso ao longo dos meses!

7. Você pode fazer uma composição de renda

Caso a sua renda não seja suficiente para comprar o imóvel desejado, é possível fazer algo chamado composição de renda: soma-se a sua renda a renda de outras pessoas, que podem ou não viver na mesma casa que você. Vale pai, mãe, irmãos, tios, namorados e até mesmo amigos, desde que todos os participantes não tenham restrições e nem outros financiamentos no nome.
Se optar pela composição de renda, você deverá considerar alguns fatores como a idade do participante mais velho. Isso porque é essa idade que vai definir o prazo para o pagamento do financiamento imobiliário, lembrando que a faixa etária limite para amortização do Minha Casa, Minha Vida é de 80 anos.
Ou seja: se o membro mais velho na sua composição de renda tem 60 anos, o prazo máximo para pagar seu financiamento será de até 20 anos.

Agora que você já conhece todos esses benefícios incríveis do programa Minha Casa, Minha Vida, é hora de investir nos seus sonhos e conquistar o imóvel próprio! Ah, não deixe de conferir também outras dicas que vão te ajudar nessa jornada aqui no blog da Cataguá.


Rolar para cima