como construir a área de lazer dos sonhos gastando pouco

É possível construir uma área de lazer gastando pouco?

Ter uma área de lazer onde você possa reunir a família e amigos ao final de semana, ou até mesmo para curtir um tempo sozinho ao ar livre faz toda diferença no fim de uma semana corrida. Mas só de pensar no valor gasto, até desanima, não é mesmo?
Não necessariamente.
É possível, sim, construir a área de lazer dos sonhos gastando pouco, mas é preciso seguir as dicas a seguir.

1. Consulte um especialista

Sabemos que você pode pensar que a contratação de um arquiteto pode tornar a sua obra mais cara, mas ao contrário do que se imagina, um profissional especializado evita a principal razão de os custos de uma obra aumentarem: a refação.
Refação? Exatamente! Isto acontece muitas vezes quando uma obra é construída sem o acompanhamento de um arquiteto ou engenheiro, o que pode gerar problemas estruturais dos mais simples aos mais complicados de resolver, e que podem acabar com o seu lazer e resultar na necessidade de derrubar tudo o que já havia sido construído para ser refeito.

2. Considere o espaço

Junto com esta dica, vem uma outra: saiba suas prioridades. Afinal, dependendo do espaço que você tem disponível para construção, alguns itens deverão ficar de fora de sua lista ou então deverão ser substituídos.
Um exemplo: pode não caber uma piscina em sua área de lazer, mas um ofurô ou uma hidromassagem podem ser ótimas opções para que você possa relaxar na área externa de sua casa.
No entanto, voltamos para a primeira dica: não compre nada antes de um projeto feito por um profissional especializado, que levará em conta o espaço que você tem disponível para construção e evitará o desperdício de material e tempo.
E caso você vá fazer uma piscina, atentar-se à escolha do local, à instalação e ao tipo de material se faz essencial para a segurança dos usuários.

3. Atente-se à disposição e quantidade de móveis

E se o objetivo é economizar, nada de deixar a churrasqueira perto dos demais móveis de sua área de lazer, pois a fuligem que ela solta pode deteriorá-los.
Evitar uma quantidade exorbitante de móveis para a sua área externa também é uma maneira de economizar, inclusive, nós já demos algumas dicas de como você pode mobiliar sua casa gastando pouco, se quiser saber mais, clique aqui.
Ainda sobre espaço: é fundamental que você tenha bastante espaço de circulação, especialmente próximo à piscina, caso vá construir uma, para evitar qualquer acidente com crianças e pessoas idosas.

4. Una beleza e funcionalidade

Não é à toa que as churrasqueiras de tijolinhos são as mais usadas, além de o material ser bonito, também é completamente seguro para ficar próximo ao fogo. Mas tudo bem se você não gostar deste tipo de material, o importante é buscar algum elemento seguro, e, nesta linha, evite acabamentos como papel de parede e porcelanato, pois eles não são resistentes.
Mais um detalhe importante: não deixe de construir uma pia e uma bancada ao lado da churrasqueira, pois isso irá te ajudar na hora de preparar e servir os alimentos. Assim como para a churrasqueira, você deve optar por materiais resistentes e com uma estética agradável, como o mármore e o aço inox.
Ter um espaço para armazenar os utensílios usados para a preparação do churrasco também é interessante.
Existem algumas soluções criativas e inovadoras que podem agregar muito valor à sua área de lazer, usando melhor os recursos naturais e deixando o ambiente mais agradável. Um exemplo é o telhado verde, que se trata de uma dessas técnicas que alia beleza e funcionalidade, pois deixa o local mais acolhedor e ajuda a amenizar o calor nos dias quentes.

5. Pense em um banheiro externo

Caso sua área de lazer conte com uma piscina, ofurô ou hidromassagem, a construção de um banheiro externo é muito importante para que as pessoas possam se secar antes de entrar em casa.
Construir um banheiro externo também evita muitas pessoas entrando em sua casa para utilizar o espaço, o que pode gerar uma bagunça, sem contar a sujeira que o interior da casa poderá ficar, não é mesmo?
Então pode colocar o banheiro como uma prioridade.
E para a construção da toalete, é importante considerar a segurança. Para isso, busque aplicar pisos antiderrapantes para evitar quedas. E no momento da pintura, as cores mais fortes podem ser suas aliadas para evitar que a sujeira fique muito visível.
Outra grande dica é verificar se o piso escolhido é térmico, pois em dias de calor intenso, ele pode ficar muito quente e desconfortável.

6. Preze pelos revestimentos

Os revestimentos são extremamente importantes, e não é apenas pela estética, mas, principalmente, para a segurança de sua área de lazer. E, caso você vá construir uma piscina, ela pede uma atenção especial.
Portanto, busque optar pelos seguintes revestimentos para a piscina:

  • Azulejo: apesar de ser o mais comum e simples de se instalar, facilita o acúmulo de limo;
  • Cerâmica: é um revestimento resistente e não acumula muita sujeira, contudo, apresenta o melhor custo-benefício;
  • Revestimento vinílico: impermeável e de fácil instalação. No entanto, sua manutenção precisa ser feita por uma empresa especializada;
  • Pastilha de vidro: é o mais caro e exige mão de obra especializada para instalação. No entanto, apresenta boa durabilidade e é perfeita para piscinas curvas.

7. Atenção na escolha dos móveis.

Se o seu objetivo é economizar na construção de sua área externa, não pode pecar no momento de escolher os móveis certos. E para isso é preciso considerar alguns pontos:
O primeiro deles é que você deve se atentar ao fato de que os móveis da área de lazer estarão sujeitos a tomar chuva e sol, por isso, o material deve ser resistente.
Levando isso em consideração, uma boa dica é escolher estofados de tecidos impermeáveis, como couro e acquablock. Já as estruturas podem ser de madeira impermeável, plástico, fibra natural ou sintética.
Hoje, já existem empresas que trabalham com a impermeabilização de estofados, portanto, caso não encontre nenhum móvel de seu gosto nos termos acima, você pode contratar uma empresa que preste este tipo de serviço. Mas não se esqueça que tudo tem seu preço, ok?!
E falando em preço, para evitar que você perca seu dinheiro, evite a madeira natural, pois ela absorve água e apodrece com facilidade. Outro material a ser evitado é o ferro ou outros metais que causam desconforto térmico, pois no verão esquentam muito rápido e no inverno ficam bem gelados.

8. Chegou o momento de decorar!

Neste tópico, queremos que você se atente a dois pontos que farão toda diferença em sua área de lazer: a iluminação e a decoração. Dependendo do seu orçamento, você pode encomendar um projeto completo. Mas se não der, você pode cuidar de algumas coisas por si próprio, mas para isso, uma coisa é fundamental: pesquisa.
Pesquise muito, veja sites, revistas especializadas, converse com amigos que já construíram uma área de lazer, para que você possa se inspirar e analisar a possibilidade de aplicar o famoso “faça você mesmo”.
Com a construção pronta, invista em abajures e luminárias para que seu espaço também possa ser utilizado durante a noite. E para decoração, aposte em almofadas, objetos que reflitam a personalidade de todos da casa e, claro, muitas plantas.

9. Que tal um paisagista?

Se couber no seu orçamento, você pode contratar um paisagista, que poderá acrescentar elementos como grama, palmeiras, arbustos e até mesmo um pergolado, que se trata de uma estrutura de madeira ou metal em que se cria uma composição artística com plantas trepadeiras.
O paisagista é um arquiteto especializado na parte botânica da decoração e, ao criar projetos para jardins, também costuma cuidar dos aspectos decorativos relacionados à iluminação.
Mas caso você não conte com a ajuda desse profissional, não é um problema, nossa dica é distribuir plantas grandes e pequenas por toda a área: no chão, em mesinhas e no parapeito de janelas.
Invistas nas plantas mais variadas, pois elas são uma forma simples e barata de trazer mais vida à decoração de qualquer ambiente, afinal, proporcionam uma sensação de contato com a natureza.

10. Por que não uma horta?

Você também pode fazer uma pequena horta em sua área de lazer, utilizando material rústico, uma técnica que deixa o ambiente elegante e moderno. O passo a passo para montar a horta é simples, e você ainda tem ervas frescas para as refeições!
Porém, é importante considerar que plantas demandam cuidado, e se você não tem muito tempo disponível para cuidar de plantas que exigem atenção constante, não tem problema, você pode optar por espécies ornamentais, que além de bonitas, são fáceis de cuidar, como o periquito vermelho, o jasmim do cabo e a azaleia bola.
Caso ainda tenha dúvidas sobre como decorar a sua área de lazer, nós temos um conteúdo que vai te ajudar, basta clicar aqui.
Viu como não é tão difícil construir a área de lazer dos sonhos? Basta seguir estes 10 passos e você pode ter um espaço para relaxar e curtir com a família em casa.
Aproveite para conferir outras dicas de decoração nos conteúdos exclusivos do blog da Cataguá e transforme o seu novo lar sem sentir o peso no bolso!


Rolar para cima