espaço coworking

O que é e quais as vantagens do espaço coworking?

Já ouviu o termo coworking por aí, mas não sabe o que significa? A gente explica tudo aqui neste post sobre esse conceito de ambiente de trabalho que vem conquistando cada vez mais espaço!
Essa estruturação tem sido adotada por muitos trabalhadores, graças à praticidade, ao conforto e ao excelente custo-benefício proporcionado pelos espaços coworkings. Esses ambientes podem ser grandes aliados de pequenas empresas, trabalhadores autônomos ou ainda para quem faz home office.
Se você também ficou curioso para entender mais sobre o espaço coworking, siga a leitura deste post com a gente para descobrir o que é o conceito e quais vantagens ele pode trazer para você.

O que é coworking?

Você já pode ter ouvido falar sobre coworking com outros nomes, como escritórios compartilhados, escritórios flexíveis ou simplesmente espaço coworking. Independente da nomenclatura utilizada, esse conceito nada mais é do que uma nova estrutura do ambiente de trabalho, planejada para funcionar de maneira colaborativa.
Ao longo dos anos, a forma de trabalhar teve muitas alterações e, mais recentemente, vimos crescer o número de pequenas empresas, microempreendedores e também de companhias que adotaram o modelo organizacional de home office, principalmente durante a pandemia do coronavírus no Brasil. O coworking ganhou espaço dentro deste contexto como uma solução prática, econômica e extremamente vantajosa para diversos trabalhadores.
O ambiente tem a mesma estrutura de um escritório convencional, com a diferença de que o coworking não é um espaço exclusivamente ocupado por profissionais de uma mesma empresa.

Como funciona um espaço coworking?

Como você já descobriu, o espaço coworking funciona de maneira colaborativa, por isso reúne diversos profissionais de diferentes empresas em um mesmo ambiente. Isso mesmo, as pessoas que utilizam o espaço não precisam necessariamente trabalhar na mesma empresa.
Vamos explicar melhor o funcionamento de um espaço coworking, olha só: o escritório é gerenciado por um empreendedor, que monta toda a estrutura necessária, com mesas, cadeiras e salas privativas, por exemplo, mas qualquer trabalhador pode utilizar esse espaço.
Para isso, é preciso contratar um plano que pode ser mensal, baseado nas horas trabalhadas ou outro sistema adotado pelo coworking de sua escolha. A partir daí, você pode escolher trabalhar em mesas compartilhadas ou até mesmo por escritórios privativos, além de poder reservar salas para reuniões.
A estrutura de um coworking para outro pode variar muito, portanto você pode encontrar desde opções mais básicas até espaços mais completos e assim escolher de acordo com as suas necessidades.
Muita gente ainda confunde o coworking com o conceito de escritório virtual, mas é importante destacar que são duas propostas diferentes. Enquanto o espaço coworking oferece um local físico para que você realize suas atividades profissionais, o escritório virtual serve apenas como um endereço comercial ou fiscal para alguns tipos de serviço, como o recebimento de correspondência.
Os conceitos de coworking e escritório virtual podem ser utilizados em conjunto para garantir um atendimento mais completo aos trabalhadores e empresas que escolhem fazer uso do espaço.

Vantagens do espaço coworking

Agora que você já sabe a definição do conceito de coworking e como funciona o espaço, que tal entender mais sobre essa dinâmica de trabalho conhecendo algumas de suas principais vantagens? Então vem descobrir como o coworking contribui para o dia a dia dos profissionais e pode até mesmo ajudar no crescimento da sua empresa:

1. Solução muito mais econômica

O espaço coworking dispensa a necessidade de alugar um local para montar o seu escritório, o que reduz muitas despesas, como conta de luz, água, internet e IPTU, assim como equipamentos e móveis para estruturar o ambiente, por exemplo. Isso sem contar no aluguel, que pode pesar bastante no bolso, principalmente de quem está começando a empreender agora.
A verdade é que pequenas empresas e trabalhadores autônomos não têm a necessidade de alugar um espaço próprio, a estratégia não é vantajosa e pode trazer prejuízo para o caixa. Neste contexto, quando colocamos tudo na ponta do lápis, o coworking apresenta um excelente custo-benefício.
Você não precisa se preocupar com contas ou com a manutenção do espaço e pode pagar um valor justo de acordo com os dias em que você realmente vai utilizar o coworking. Todas as contas e contratos de serviço que você teria que administrar se transformam em um, feito diretamente com o dono do espaço, responsável por cuidar de todos os detalhes relacionados à infraestrutura.
Com essa economia, você tem a oportunidade de investir muito mais no crescimento da empresa e também pode ficar mais tranquilo em relação ao espaço para acomodar a sua equipe, caso seja necessário.

2. Maior flexibilidade

Com o coworking você pode fazer os seus horários e não precisa ir ao escritório todos os dias, tendo total liberdade para definir sua agenda. O espaço pode ser utilizado uma vez na semana, duas, três ou até mesmo a cada 15 dias, por exemplo.
Grande parte dos coworkings costumam, inclusive, abrir aos finais de semana, uma ótima opção para quem precisa de um ambiente mais tranquilo e confortável para trabalhar nesses dias. Quando você não utiliza a sua mesa ou escritório, outra pessoa pode usá-los e assim todos saem ganhando – isso também ajuda a reduzir os custos com a mensalidade, por exemplo.
A dica é analisar as suas necessidades e demandas com atenção para fechar o melhor plano para você.

3. Estrutura adequada

O coworking é um espaço especialmente projetado para atender as necessidades dos profissionais que utilizarão o escritório. Sendo assim, você não precisa se preocupar em montar uma estrutura do zero ou investir em móveis, por exemplo.
No espaço coworking você encontra a mesma infraestrutura de um escritório convencional, podendo escolher entre mesas compartilhadas, individuais, salas de reunião, escritório privativo e até mesmo cabines telefônicas para garantir total privacidade. Além disso, os ambientes incluem cozinha compartilhada, salas de descanso e outras amenidades.
Vale ressaltar ainda que os coworkings costumam estar muito bem localizados em áreas de fácil acesso, uma ótima oportunidade para você garantir um escritório em um local estratégico da cidade por um valor muito mais acessível.

4. Trabalhe sem distrações

Cachorro latindo, televisão ligada, vizinhos barulhentos, obras: trabalhar em casa pode ser desafiador, não é mesmo? As distrações são muitas e podem afetar diretamente a produtividade na execução de tarefas diárias, por isso é essencial encontrar um ambiente adequado para realizar o seu trabalho com todo o foco e privacidade necessários.
Neste contexto, o coworking pode proporcionar um espaço livre dessas distrações e totalmente projetado para que você possa realizar o seu trabalho sem interrupções, com conforto e praticidade. Isso contribui para um aumento na produtividade e confere toda a infraestrutura mais adequada para reuniões sem intervenções ou barulhos externos, por exemplo.

5. Oportunidade de networking

O coworking reúne diversos profissionais que atuam em diferentes áreas, por isso é um excelente ambiente para trabalhar o networking e aumentar a sua rede de contatos. Trocar experiências e formar parcerias é uma das melhores maneiras de agregar valor ao seu trabalho.
Além disso, diversos espaços coworkings oferecem eventos, como workshops e palestras, com o objetivo de estimular a interação entre os frequentadores do espaço. Esse cenário facilita a criação de vínculos e é também uma ótima oportunidade de divulgar o seu trabalho, o que torna o coworking uma ferramenta de marketing sem custos adicionais.

6. Receba clientes em um espaço adequado

Quem está começando um negócio agora e não pode investir em um escritório sabe o quanto é difícil receber clientes em casa, certo? A falta de um ambiente adequado pode dificultar a reunião, seja pela ausência de privacidade, pelas distrações ou pela falta de espaço mesmo – quem faz home office em apartamento pode entender essa limitação.
Por outro lado, contar com um ambiente adequado, com toda a infraestrutura necessária, conforto e privacidade garantidos contribui para uma reunião muito mais produtiva, assim como passa um ar muito mais profissional ao seu cliente. Com o coworking você pode ter um espaço exclusivo para reuniões sem precisar desembolsar uma fortuna para isso, por isso os escritórios compartilhados são os mais indicados para pequenas empresas, microempreendedores e trabalhadores autônomos.
Alguns espaços coworking disponibilizam, inclusive, um serviço de coffee break ou equipamentos para apresentações nessas situações. Basta informar com antecedência para que tudo seja organizado e você consiga uma estrutura ainda mais completa.

7. Menos burocracia

Alugar um espaço é um processo bastante burocrático e pode ser estressante, mas com o espaço coworking você garante o seu escritório de uma maneira muito mais tranquila e prática. Ao contrário do aluguel, que exige a assinatura em contrato se comprometendo a ficar no espaço por um determinado período, além de outros trâmites, no coworking basta escolher o plano de sua preferência, levar o notebook e começar a trabalhar.
Os contratos feitos em coworking podem ter um período de um ano, mas normalmente não possuem taxa de cancelamento, o que é uma grande vantagem. Além disso, você não precisa se preocupar com a parte burocrática do escritório em si, pois o proprietário é quem administra e cuida de toda a papelada.

O coworking com certeza chegou para ficar e traz muitas vantagens para quem deseja um espaço adequado de trabalho sem peso no bolso. Não é à toa que a Cataguá Construtora trouxe essa novidade, incluindo um incrível espaço coworking no seu mais recente projeto lançado, o condomínio Barcelona.
Acompanhe outras postagens do blog da Cataguá para conferir outras dicas e ficar por dentro das novidades da construtora.


Rolar para cima