ok 8 dicas para voce sair do aluguel em 2022

8 dicas para você sair do aluguel em 2022

O seu sonho de morar no seu apartamento é o seu objetivo? Não aguenta mais pagar aquele aluguel terrível e se ver cada vez mais longe do seu imóvel? Você sente que está desperdiçando dinheiro quando poderia investir no seu futuro?

Se respondeu sim a alguma das perguntas acima, então este artigo é para você! Preparamos ótimas dicas para te ajudar a sair do aluguel este ano! Então prepare-se para se emocionar e anote todas as dicas e comece a trabalhar nesse plano.

1 – Planeje-se:

Sair do aluguel precisa de planejamento. Pense em seus objetivos antes de começar a definir metas. Determine onde deseja morar, considerando as vantagens da localização, o tipo de imóvel que deseja e suas características.

O primeiro passo para se planejar é entender quanto custa um novo imóvel. Assim você pode calcular quanto dinheiro precisa a cada mês para viver com qualidade.

Os maiores gastos a serem considerados devem ser os seus gastos fixos, como aluguel e suas contas básicas como energia, água, internet e outras. Não se esqueça dos custos pessoais de alimentação, viagens e entretenimento da sua família.

Todos esses passos devem estar no seu planejamento para sair do aluguel, assim você consegue colocar tudo na ponta do lápis e saber quanto pode disponibilizar para aquisição do seu imóvel e quanto poderá disponibilizar para os custos cotidianos.

2 – Pesquise:

Comece a procurar por imóveis que atendam aos seus propósitos e necessidades. Se você deseja expandir sua família, pode precisar de um quarto extra, por exemplo. Um condomínio de apartamentos com espaço de lazer e comodidades para todos pode ser uma boa solução.

Caso deseje comprar um imóvel já pronto para morar, não deixe de visitar e conhecer detalhes do projeto pessoalmente.

Caso sua casa dos sonhos esteja na planta ainda, visite o stand de vendas e decorado,além disso, pesquise sobre o histórico da construtora, outros empreendimentos já feitos por ela e o índice de satisfação dos clientes.

Além disso, veja a avaliação da imobiliária, pesquise sobre os comentários do intermediador que você escolheu para comprar a sua casa.

Todas essas pesquisas vão te ajudar a fazer a escolha certa!

3 – Envolva toda a família:

O plano de comprar um imóvel pode ser facilitado se a sua família estiver comprometida com ele. Tente obter o suporte que você precisa em casa, assim todos fazem podem economizar com o mesmo objetivo de conquistar a casa própria.

Promova uma conversa clara e sincera com todos e observe o que esperam da casa nova, como cada um pode ajudar e se essa casa dos sonhos está no orçamento proposto.

Todos esses pontos fazem a diferença quando é adquirido algo grande como uma casa!

4 – Economize:

Na hora de economizar, tente controlar seus gastos para diminuir os extras que não são prioridade na rotina da sua família. Saber quanto dinheiro entra e sai a cada mês também ajuda no investimento de curto ou longo prazo, dependendo da situação.

Este é o momento perfeito para começar a cuidar melhor do seu dinheiro. Ao fazer isso, você pode antecipar totalmente o seu sonho, pois fazer uma reserva é essencial para tornar essa etapa possível.

Então comece a economizar agora olhando o que você tem hoje e o que pode ser cortado. Por exemplo, você deve reduzir as despesas de compras e entretenimento para estar melhor preparado quando sair do aluguel.

Lembre-se também que aprender a se organizar melhor financeiramente hoje será muito útil no futuro. Sua vida na casa própria definitivamente fará com que você gaste um pouco mais de seu orçamento. Então é bom se acostumar com a ideia de ter um pouco mais de controle sobre si mesmo.seus gastos próprios.

5 – Procure um aluguel mais barato:

Você não precisa deixar de lado a conveniência e o conforto para encontrar opções mais acessíveis. Mas tente procurar por algo mais em conta, isso pode te ajudar a ter uma reserva financeira.

Nunca deixe de considerar que podem surgir imprevistos que façam com que você perca o controle das suas contas. Por isso, sempre tenha uma quantia reserva de dinheiro. Assim, você garante um tempo confortável e financeiramente flexível para enfrentar eventuais situações de vencimentos ou gastos inesperados com a casa nova!

6 – Explore as oportunidades de compra:

Financiamentos, consórcios, permuta, uso do FGTS, são algumas das possíveis formas de pagar um imóvel. Você deve pesquisar a que mais se adéqua ao seu perfil e à sua realidade. Consulte a opinião de um profissional imobiliário para entender a opção mais recomendada para você.

Esse suporte para conhecer as formas de pagamento é muito importante e deve estar como prioridade ao começar a sua pesquisa por um imóvel, com certeza fará diferença no processo de aquisição do seu futuro lar.

Além disso, no caso do imóvel já pronto, é importante conferir se todas as certificações necessárias para a regulamentação do seu imóvel estão aprovadas e atualizadas. Inclusive, saber se ele atende todas as normas de segurança, há quanto tempo a construção existe e quantos inquilinos passaram por lá.

Essas são informações básicas para que você e sua família possam realizar o sonho com tranquilidade.

7 – Mantenha os pés no chão:

Lembre-se de que, até que você se mude, você terá que continuar pagando seu aluguel. Avalie com calma as oportunidades que parecem tornar essa transição bem-sucedida.

Além disso, lembre-se de considerar que após a compra você ainda terá que dispor de um valor para documentação, mudança, entre outras necessidades que podem surgir. Por isso, além de deixar o orçamento mensal enxuto, você ainda precisará de dinheiro para eventualidades.

Neste ponto é interessante verificar também a situação do seu nome em relação ao seu histórico de pagamentos e dívidas, pois isso pode se tornar um problema no processo de transição. Ter o nome limpo é muito importante no processo e contribui para aquisição de um imóvel melhor.

Quanto mais adimplente você estiver com bancos, financeiras e cartões de crédito, mais fácil provavelmente será o processo de aprovação do seu financiamento imobiliário. Afinal, esse é um dos pontos avaliados pelo banco na hora de liberar o crédito de financiamento.

8- Pense sempre positivo!

Caso você esteja com dificuldades para economizar dinheiro para conquistar a sua casa, pense no que pode te ajudar, como: encontrar uma maneira de garantir renda extra, formas de pagamento mais acessíveis, ou até mesmo rever as opções de imóveis para encontrar um que esteja dentro do seu orçamento.
Achar um novo lar não é uma tarefa fácil, mas pode ser um processo tranquilo quando todos estão caminhando para um mesmo objetivo em comum.

Não dispense o pensamento positivo, a esperança e a confiança em você mesmo! Isso irá te ajudar a sair do aluguel de uma vez por todas e realizar o seu sonho do imóvel próprio.

Gostou das dicas? Precisa de ajuda para conhecer seu novo lar? Então, conheça as opções de imóveis no nosso site e solicite uma simulação gratuita!


Rolar para cima