entenda como pausar as parcelas do seu financiamento imobiliario

Entenda como pausar as parcelas do seu financiamento imobiliário

Bancos como Caixa Econômica Federal, Santander, Itaú e Bradesco adotaram medidas para amenizar os impactos causados pela pandemia do coronavírus no bolso dos trabalhadores. A ação, determinada pelo CMN (Conselho Monetário Nacional), permite congelar parcelas do financiamento de imóvel ou de carro durante os próximos 60 dias.
A medida pode ser uma grande ajuda para os brasileiros neste momento, por isso nós vamos te contar tudo sobre essa novidade ao longo deste conteúdo. Então se você quer saber como funciona o procedimento e entender como solicitar a pausa de parcelas do seu financiamento imobiliário é só continuar a leitura deste post com a gente!

Como funciona o congelamento das parcelas?

A ação de possibilitar o congelamento das parcelas de financiamentos imobiliários ou outras linhas de crédito foi tomada pelo CMN como uma forma de auxiliar os clientes em um momento de crise financeira causado pela disseminação do novo coronavírus no país.
O isolamento social impactou diretamente o trabalho de milhares de brasileiros, que viram a renda cair ou até mesmo desaparecer neste período. Apesar disso, muitas empresas encontraram maneiras inovadoras de oferecer os serviços diante dessa nova realidade, enquanto outras continuam buscando formas de amenizar as consequências da pandemia.
Este foi o caso de muitas instituições financeiras, que anunciaram a possibilidade de pausar as parcelas de financiamentos para seus clientes, buscando facilitar o pagamento e evitar as dívidas.
Com a nova medida, será possível congelar as próximas duas prestações do seu financiamento imobiliário. Durante este período, a taxa de juros se mantém e não haverá cobrança de multa.
Agora você deve estar se perguntando o que acontece com essas prestações, certo? O pagamento das parcelas pausadas será realizado ao final do financiamento: você ficará sem pagar por dois meses, depois as prestações voltam ao normal, mas com a adição dos pagamentos congelados no final.

Entenda as regras para solicitar a pausa

Antes de solicitar o congelamento das parcelas do financiamento imobiliário, é preciso conhecer as normas estabelecidas pelos bancos. Existem pequenas variações de um banco para outro, por isso fique atento aos requisitos.
Confira abaixo quais são as regras anunciadas pelas instituições financeiras para que você possa pausar suas prestações por até 60 dias:

  • A medida é válida tanto para pessoas físicas quanto para pessoas jurídicas
  • Somente financiamentos com as prestações em dia podem solicitar a pausa
  • Na Caixa Econômica Federal existem exceções: financiamentos com até duas prestações em atraso também podem fazer a solicitação de congelamento
  • Quem utiliza o saldo do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) para o pagamento das prestações na Caixa não pode solicitar a pausa. Já quem possui crédito pela modalidade Home Equity deverá ter pelo menos 11 parcelas pagas para requerer o benefício.

Como pausar as parcelas do financiamento imobiliário?

Para evitar aglomerações nas agências bancárias e manter as medidas de combate à propagação do vírus, o pedido de congelamento deve ser feito em canais online, como o internet banking e aplicativos, ou ainda pela central de atendimento telefônica de cada instituição.
Sendo assim, não é necessário ir até uma agência: os bancos desenvolveram canais de atendimento exclusivos para que você possa realizar todo o processo sem precisar sair de casa, tudo de forma simples, rápida e com total segurança. Bem prático, não é mesmo?
Vale destacar que o procedimento funciona de forma um pouco diferente em cada uma das instituições. Elas apresentam opções variadas de atendimento, portanto é importante entender os canais disponibilizados pelo seu banco para o recebimento das solicitações e esclarecimento de dúvidas.
Veja como pausar as parcelas do financiamento imobiliário em cada instituição:

1. Caixa Econômica Federal

Para pessoas físicas, o serviço de congelamento de prestações pode ser acessado pelo aplicativo Habitação Caixa, pelo WhatsApp (0800-726 8068) ou pelo Telesserviço (3004-1105 para capitais e 0800-726 0505 para outras localidades). O atendimento funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h.
No aplicativo, basta acessar a aba “Serviços”, selecionar a opção “Pausa emergencial” e seguir as orientações para concluir a solicitação. Para pessoas jurídicas, o processo é um pouco diferente: é preciso entrar em contato direto com o gerente da sua agência para fazer o pedido de pausa das prestações.
A Caixa efetiva o serviço de congelamento em até 48h e considera a data retroativa do pedido.

2. Santander

O banco Santander lançou um hotsite exclusivo para atender e orientar quem deseja prorrogar as parcelas do financiamento imobiliário por até 60 dias. Basta acessar aqui para encontrar o canal de atendimento indicado para você e saber mais detalhes sobre o procedimento.

3. Itaú

A solicitação de pausa das parcelas no Itaú deve ser feita pelas centrais de atendimento disponibilizadas pela instituição. Para financiamentos imobiliários, você pode fazer o pedido de segunda a sexta-feira das 8h às 21h pelo telefone 4004-7051 (para capitais e regiões metropolitanas) ou pelo 0300-789-7051 (para as demais localidades).

4. Bradesco

O Bradesco não deu detalhes sobre o funcionamento do processo até a publicação deste post, mas já se colocou à disposição para prorrogar o pagamento de prestações por até 60 dias, conforme orientação do Conselho Monetário Nacional. Enquanto novas instruções sobre o procedimento não são anunciadas você pode entrar em contato pelos canais de atendimento do banco para obter mais informações.
O internet banking oferece um chat online que pode ser acessado diretamente pelo site do banco, além dele você também pode contatar a Central de Crédito do Bradesco pelo telefone 0800-273-3486, com horário de atendimento disponível de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h, e também aos sábados, das 9h às 15h.

Viu só como é muito simples fazer o pedido? A pausa das parcelas pode ser uma grande ajuda, trazendo um respiro para suas finanças neste período de crise, mas não se esqueça de esclarecer todas as dúvidas sobre o procedimento com o seu banco, caso tenha alguma.

Medidas como estas reforçam a importância de agirmos juntos para o bem de todos neste momento delicado. Continue se cuidando daí, que a gente vai se cuidando daqui também e lembre-se de que tudo isso vai passar em breve!


Rolar para cima