5 passos para ter uma horta dentro de casa

7 passos para ter uma horta dentro de casa!

Você já imaginou ter uma horta dentro de casa? Já imaginou ter os seus temperos favoritos para preparar a comida de forma mais natural? Essa é a nova tendência entre os hábitos saudáveis e pode ser mais simples do que você imagina!

Métodos para manter uma alta qualidade de vida vêm sendo palco de inúmeros debates, dentre eles a alimentação saudável e orgânica são destaques. Graças a essa preocupação, as hortas caseiras se tornam cada vez mais comuns. 

E você, também tem interesse em cultivar uma horta dentro da sua própria casa? Então continue a leitura deste post e confira nossas dicas para criar um cantinho especial e ter temperos sempre frescos na cozinha!

Como cultivar uma horta dentro de casa?

A horta dentro de casa vem se tornando uma grande tendência entre as pessoas, pois além de ajudar a manter uma alimentação mais saudável, pode ainda ser o complemento perfeito para a sua decoração sem gastar muito.

Você encontra mudas, sementes e toda a estrutura necessária para a sua horta por um preço bem acessível, mas se preferir pode colocar a mão na massa e economizar ainda mais reaproveitando alguns materiais para montar o seu espaço. Há diversos tutoriais na internet que vão te inspirar e podem te orientar com explicações bem completas.

Enquanto isso, nós vamos te ajudar com um guia prático sobre os passos necessários para montar a sua horta e garantir que suas plantinhas tenham tudo o que precisam para se desenvolver. Para começar, confira algumas dicas sobre o que plantar:

  • Cebolinha
  • Hortelã
  • Alecrim
  • Tomate cereja
  • Alface

7 dicas essenciais para quem deseja ter uma horta dentro de casa

Montar e manter uma horta exige uma atenção especial, mas é bem mais simples do que parece. Para que todo o esforço seja recompensado e seus temperos cresçam de forma saudável é preciso tomar alguns cuidados básicos.

Confira abaixo dicas para cultivar uma horta dentro de casa:

1. Reserve um espaço

O primeiro passo é separar um espaço adequado em casa para que os legumes, hortaliças, temperos e vegetais cresçam de forma saudável. Para isso, você precisa entender a necessidade de luminosidade das espécies escolhidas para o cultivo. 

Procure manter seus temperinhos em um local mais ventilado da casa e escolha o modelo de horta que melhor se adapta ao seu imóvel. Se tiver pouco espaço, a horta vertical pode ser uma boa opção, por exemplo.

2. Escolha os recipientes corretos

Além de escolher um cantinho com boa ventilação e entrada de luz solar, você também vai precisar encontrar os recipientes corretos para montar a sua horta. Existem várias opções disponíveis no mercado, mas você deve considerar alguns fatores para optar pelo modelo ideal para a sua casa.

Como falamos no item anterior, as hortas verticais são boas opções para espaços menores: elas são montadas na parede e podem até mesmo serem feitas com materiais que você já tem em casa, como embalagens plásticas, garrafas pets ou latas de alumínio, sempre lembrando de fazer furos no fundo para evitar o acúmulo de água. Para o apoio da parede, vale usar madeiras antigas, paletes ou suportes em metal. 

Além disso, confira o que você pode usar:

  • Floreiras
  • Vasos
  • Caixas de madeira
  • Embalagens recicladas

3. Prepare o solo e use adubo natural

Como a sua horta ficará dentro de casa, será necessário fazer a preparação do solo nos vasos ou canteiras escolhidos por você. A nossa recomendação é que você utilize adubo natural orgânico para garantir os nutrientes adequados para o crescimento das suas plantinhas.  

A combinação entre um solo bem preparado e adubos naturais fará com que sua horta tenha uma qualidade incrível. Lembre-se de verificar as especificações de cuidados para cada espécie que você está cultivando, pois cada uma necessita de cuidados específicos.

4. Escolha as suas espécies favoritas

Esse momento é todo seu: chegou a hora de escolher as espécies que vão fazer parte da sua horta caseira! É sempre importante se atentar aos detalhes de cuidados para saber quais as melhores escolhas de acordo com as características do seu espaço e da sua região. 

Você pode escolher os seus temperos favoritos para dar um gostinho especial na comida ou ainda cultivar legumes e verduras para ter sempre uma salada fresquinha. Já imaginou que delícia? 

Se não souber o que plantar, use as nossas sugestões para começar e depois acrescente novas espécies à sua hortinha. Para pegar a prática no cultivo você pode escolher alguns temperos e vegetais mais fáceis de cuidar.

5. Comece a plantar

Com as sementes e mudas definidas, chegou a hora do plantio! Este momento exige atenção, pois não basta simplesmente jogar as sementes na terra ou plantar suas mudinhas de qualquer jeito: é preciso se atentar às necessidades de cada espécie para garantir o desenvolvimento saudável da sua horta.

Pesquise na internet informações sobre o plantio das espécies que você tem em mente ou pergunte diretamente para o atendente quando for escolher as suas mudas na loja. Não deixe de escolher recipientes resistentes com escoamento correto de água e assegure-se de que cada plantinha receberá os nutrientes necessários para se desenvolver.

6. Tenha uma rotina de cuidados

Um passo importante é estabelecer uma rotina de cuidados para a sua horta. Além de garantir o crescimento das plantas, isso ainda vai te ajudar a manter a disciplina em relação ao cultivo desse espaço especial.

Como a sua horta estará dentro de casa, será você quem precisa fornecer os complementos necessários para o desenvolvimento das plantas (água, luz e nutrientes entram nessa lista). Para começar, verifique a necessidade de rega e iluminação para cada espécie, assim como as podas.

É  preciso também ficar atento às pragas, que devem ser combatidas o quanto antes para não prejudicar toda a sua horta. Com carinho e determinação, logo você estará colhendo os resultados do seu esforço!

7. Colha no momento certo

Como já destacamos várias vezes ao longo deste conteúdo, cada espécie tem demandas diferentes e isso vale também para o momento da colheita: o tempo varia conforme o tipo de vegetal, mas os cuidados como irrigação, solo e a existência de pragas também podem afetar o processo de desenvolvimento, por isso é preciso ficar atento.

Quando você compra sementes ou mudas normalmente pode conferir uma previsão para o tempo de colheita e até algumas dicas para o momento, mas é importante ter em mente que isso pode se alterar conforme as condições do ambiente e do crescimento da planta. 

O ideal é realmente observar de perto o desenvolvimento das espécies para entender o momento certo de colher seus temperos, vegetais, legumes e frutas. Às vezes, tirar algumas plantas um pouco antes do tempo pode ser necessário para liberar espaço de crescimento para outras plantas, por exemplo.

Inspire-se com essas ideias para horta gastando pouco

Um pouco de inspiração é sempre bem-vinda nesse processo de criação, não é mesmo? Por isso decidimos compartilhar algumas ideias de como montar a sua horta sem precisar gastar uma fortuna para isso.

Vamos passar algumas dicas resumidas para te inspirar e ativar a criatividade, mas você pode adaptar essas ideias e ainda procurar por outras inspirações ou tutoriais antes de colocar a mão na massa de verdade. 

Dá só uma olhada nessas quatro opções de hortas que nós separamos especialmente para você:

  • Use canos de PVC: sim, os canos de PVC podem funcionar como vasinhos para suas plantinhas e ainda trazem um charme todo especial para a horta dentro de casa. Você pode usá-los para montar uma horta vertical: basta retirar uma parte do topo do cano, fazer alguns furos embaixo para escoamento da água e colocar tampas nas aberturas laterais, se necessário. 
  • Tela de galinheiro para uma horta vertical: outra opção bastante econômica para montar uma horta vertical é utilizar uma tela de galinheiro para dispor os seus vasinhos. Além de ser prático e barato, a tela vai garantir um design bem bacana para a sua horta, seguindo uma tendência rústica e trazendo um estilo de fazenda para dentro de casa: quer um visual mais aconchegante do que esse?
  • Vasos autoirrigáveis: essa dica é para quem gosta de praticidade e não tem muito tempo para dar toda a atenção necessária à horta. Apesar de apresentarem um valor um pouco acima do que os modelos comuns, os vasos autoirrigáveis podem ser encontrados por preços bastante atrativos e vão te ajudar no processo de cultivo, facilitando os cuidados diários.
  • Use uma escada: sabe aquela escada de madeira que você ou alguém da sua família tem parada por aí? Pois é, ela pode ser um ótimo suporte para a sua horta, trazendo todo aquele ar rústico para a decoração. Basta colocar os vasinhos nos degraus e escolher o melhor cantinho da casa para colocar a sua nova horta.

Independente do tamanho da sua casa e do espaço disponível, agora você está pronto(a) para montar a sua horta! Temos certeza de que você vai criar um cantinho incrível por aí. 

Esperamos que essas dicas tenham sido valiosas para você. Depois conta aqui nos comentários se a sua horta deu certo e quais espécies você escolheu cultivar em casa.


Rolar para cima